sexta-feira, abril 28, 2006

Pimentos Padrón!


LOL
Eu sei que isto não é propriamente uma receita mas.... EU ADORO PIMENTOS PADRÓN!

Então é assim....

Ingredientes:

1 embalagem de Pimentos padrón
azeite qb
sal grosso

Preparação (atenção porque esta parte é complexa!)

Lava-se os pimentos e furam-se com um garfo. Depois põem-se juntamente com o azeite numa sertã de fundo largo.
O lume deve estar médio/alto.

Quando os pimentos começarem a ficar moles prova-se um... se fôr picante beber um copo de água! (recomenda-se) se não fôr e ja estiverem com "aquele" aspecto estão prontos a servir!

Bom apetite! :P

23 comentários:

Gambozina disse...

Eu diria: é melhor beber logo um copo de água para prevenir, porque a maioria são picantes!

Anónimo disse...

Olá, tambem adoro pimentos padron.
Ontem comprei uma embalagem deles mas não sabia como os cozinhar fiz uma busca na net e encontrei este blog.
Graças a vcs hj vou comer os meus pimentos padron.
Obrigado
Nuno.

Anónimo disse...

Olá, cá está outro "fanático" dos Padrón, eu consegui arranjar sementes e tenho uma plantação todo o ano....
Costumo comê-los no Lizarran em Évora mas eles não os furam, faz diferença?
Rodrigo

Anónimo disse...

Que heresia! furar os Pimentos de Padrón com um garfo!
Nada de os furar, deixá-los simplesmente lavados, com o pé, a fritar no melhor azeite que conseguirem encontrar, até exalar aquele odor característico e aquela cor cozinhada e, se me permitem ligeiramente tostada.
Acompanhados de uma belas fatias de pão são a melhor refeição do mundo. Começam a ser cultivados um pouco por todo o lado no nosso país o que me alegra muitíssimo. Teresa Cotrim

oquefazerprojantar??? disse...

Também sou doida por pimentos padrón. Comi-os pela primeira vez em La Guardia há 30 anos e desde aí fiquei completamente viciada! Ainda bem que agora já é fácil encontra-los por cá! Faço-os com alguma frequencia e adoro a surpresa de ver qual deles é picante! Uma brincadeira saborosa! mas agora, muitas vezes, nenhum é picante! Não sei porquê...

Também concordo que furar os pimentos é completamente desnecessário!

Anónimo disse...

Olá. Descobrimos este blog ainda com a boca a arder dos 1os pimentos pádron q resolvemos comprar e cozinhar...Já tinhamos provado no El Bodégon no Parque das Nações e nunca percebemos q era suposto serem picantes! É o q dá experimentar especialidades espanholas na parte tuga do Tejo. Obrigada pelas dicas, acabámos por n deitar o resto dos pimentos fora pq arriscámos provar mais e de facto nem tds eram picantes.
Para q conste os nossos foram comprados no Pingo Doce e a maioria era para lá de picante!!!

Fátima e Ricardo

Anónimo disse...

Vim em busca de uma explicac,ao de como fazer os meus recem comprados pimentos padron, obrigada :D Mas ao ler o ultimo comentario fiquei mtttt de pe atras, e' q os meus vem do pingo doce! Vou servi-los com sumo, 'agua, cerveja e todas as bebidas que encontrar por aqui! Desejem-me sorte ;)

Rita :)

Nephilim disse...

Mais um fanáticos destes pimentos, tão fanático fiquei que fiz a minha própria produção de pimentos e acreditem que nada tem a ver com os pimentos embalados. A nivel de sabor a diferença é qualquer coisa de extraordinário.
Por isso se alguem quiser provar o verdadeiro pimento caseiro com direito a poderem apanhar directamente do pé podem entrar em contacto comigo pois plantei 100 pés e estou neste momento a comercializar se não conseguir comercializar tudo acreditem que os vou comer quase todos :D. Estou na zona norte mais especificamente em Guimarães.

Obrigado

Anónimo disse...

Olá:Sou de Torres Vedras e o meu marido tem no nosso terreno os tais
"padron's ", que são todos picantes.Assados ou fritos são uma maravilha.Um arrozinho de tomate malandrinho c/com o célebre padron é um espectáculo.Para tirar o picante, bebam um bom vinho e para os que não bebem ,tenho sempre a mangueira do quintal ligada.
Obrigada
Fernanda

Anónimo disse...

Olá. Ainda não percebi é se o sal é posto após a fritura. deve ser!!..Obrigada
Tb ador no Lizarran de telheiras

Anónimo disse...

Olá. Ai, ai...Temos mesmo qualquer coisa de Galegos!!!Ou os Galegos têm qualquer coisa nossa. Bom em comum temos as influências Celtas concerteza. Os pimentos padrón são só um pequeno exemplo dos sabores que nos unem. Eu agradeço este blog, porque estava à procura de uma receita e eis que aqui está ela. Muitas beijocas à artista.

Rogério Bento

Sergin Castanheira disse...

PEMENTOS DE PADRÓN, uns pican otros non.

Os pementos de Padrón son os máis afamados de Galicia.
.
Estes pementos que se recollen en Santa María de Herbón, Padrón, e nas beiras do Ulla, son pequenos, verdes, remangados, nachos e de sabor exquisito. De cando en vez un deles sae picante e proe, deixa o ponto de que non se xulga falta de etiqueta deixalo da boca no prato. Pero sen ese dez por cento de pementos picóns, os pementos de Padrón perderían a gracia que os fai feiticeiros.

Cando crecen xa son máis longos e picudos. Tamén medra o tanto por cento de picantes, e deixándoos na planta chegan a seren bermellos.

A mellor maneira de comelos é fritidos. Coma "tapa" se atopan na súa época nos bares, e se collen polo rabo para levalos á boca, tendo a man a taza co viño polo que poida pasar.

Nas casas e nos restaurantes, tamén fritidos os pementos, son unha goarnición de peixes e carnes, ou forman parte do xantar, normalmente en empanada, con berberechos, con liscas de cerdo curado ou cocido, e co que a imaxinación da cociñeira queira acompañalos.

Anque algúns presumen delo, niguén sabe o pemento que pica ou o que non, e cando novas as plantas, se levan a criar a terras alleas a súa orixe, perden parte do seu sabor e proen moitos máis.

Ollar a comunidad: www.orkut.com/Community.aspx?cmm=1259053
.

Anónimo disse...

Olá, aqui está mais um fã de Padon, tão fã que também fiz uma plantação deles no quintal, foi a minha prioridade. Os meus são um pouco maiores do que os que são comercializados, ou então sou eu que os deixo crescer mais para serem verdadeiras BOMBAS, é que quanto maiores melhores.

Anónimo disse...

Na receita só faltou o sal!

eduardo disse...

Vejam só, quando eu era criança na cidade do Porto, o que mais se vendia era essa variedade de pimentos (uns picam, outros não), e eu que adorava os picantes, era o separador oficial duma família de seis. Nessa época os pimentos eram um pouco maiores e sequer tinham "pedigree". Eram amados por uns e odiados por outros. E quando vim para o Brasil em 1965 não os achei em lugar nenhum ou sequer alguém por aqui sabia da sua existência. Depois de vinte anos, quando voltei ao Porto também não os encontrei mais. Só agora fui saber que os danados tinham nome próprio e que viraram vedetes das cozinhas. Eu só não concordo com esse modo de preparo. Pimentos fritos? Isso é coisa de galego preguiçoso! Pimento tem que ser sapecado no fogo para se lhe tirar a pele e depois rasgá-lo em farripas com azeite e sal grosso moído ligeiramente. Misturados, uns picam menos e outros mais, e quem não gosta de picante que compre outro tipo doce. Nada é pior do que comer pimento com pele e o sabor destes pimentos só é realmente sublimado se for assado, principalmente em fogo de carvão.
Há uns quinze anos atrás, numa ida a Portugal,degustei-os numa casa no Porto fritos (ou salteados), um verdadeiro sacrilégio!

Anónimo disse...

Que me perdoem os vários intervenientes mas "agradar a gregos e troianos" não é fácil, já o diz o ditado.
Então é assim, na m/ modesta opinião, que sou uma fã incondicional de Pimentos Pádron, os mesmos não se furam!! Jamais!! Quanto a esfarraparem-se, que me desculpem, mas "ni hablar" :-(
Tenho muito pena que quem os cultive, more perto do berço da n/ nação e que me fica 1 pouquito fora de mão, mas pudemos sempre combinar uma troca por limões, que tenho em abundância no meu humilde terraço bem no centro de Lisboa.
E p/ finalizar a aguçar o V/ apetite, vou jantar pimentitos de padrón, acabadinhos de fazer e que já me estão a chamar. Acompanhamento: p/ além do pãozinho cortado em fatias e com a manteiga sempre à mão, uma quantidade razoável de jolas, no caso as "mines" da Super Bock
Fiquem bem e como dizia o saudoso Raul Solnado, "Façam o favor de ser FELIZES!!!" ;-)

Anónimo disse...

Pimentos Padron Azeite,alho,sal.
adicionar um pouco de Tabasco não sendo eles do tipo picante.

Jorge BARCELOS...

Anónimo disse...

Comprei os pimentos padrón no Pingo Doce e segui a sua receita (sem furar com garfo porque os que comi em Espanha não estavam furados) e ficaram mto bons. Obrigada!

Helio disse...

Comi os "pimentos padron" junto com amigos em Viseu e depois em Barcelona, e desde que voltei ao Brasil tento achar esta iguaria , será que eu encontro em algum lugar aqui para comprar ou vou ter que fazer a minha propria plantação ?

Cezar disse...

Sou viciado em Pimientos Padron. Se acha aqui no Brasil? Alguém de Recife por aí?
Já comi feito com sal grosso, mas com flor de sal fica bem melhor!!!
Sobre picarem, acho que poucos picam.

Cezar disse...

Nephilim, como vc conseguiu as sementes?!?!!?

Anónimo disse...

Péssima receita. Simplória e incompleta. Acaba por ser mera intuiçao. E essa de furar os pimentos...pfff demais.

Antonio Matos Fernandes disse...

Olá
Eu planto pimentos de padron e consigo que sejam picantes, o que é preciso é não os regar muito para eles saírem picantes.